A proposta de leitura que aqui se apresenta, conduzida com a metodologia da comparação interartística que põe em diálogo o texto literário com o texto artístico, oferece uma reinterpretação do conceito de fronteira, de fundamental importância na literatura angolana dos anos 50 até aos 70 do século XX, a partir de algumas obras de António Ole. A sua produção, pontuada, entre muitíssimos outros temas desenvolvidos pelo artista, por uma reflexão sobre o espaço urbano que desde os anos da independência continua até aos nossos dias, será confrontada com algumas estórias de Luandino Vieira em que “a nossa cidade de Luanda” — como os diferentes narradores amam repetir — desenvolve um papel de primeiro plano.

The close-reading proposed, based on the interartistic comparison methodology that makes literary texts dialogue with artistic ones, offers a reinterpretation of the notion of frontier, a very important one for Angolan literature of the Fifties to the Seventies, using some Antonio Ole’s works as starting point. His artistic production, punctuated, among many other themes he deals with, by a reflection on urban space that has continued since the period of independence in Angola, is compared here with some short stories by Luandino Vieira in which “a nossa cidade de Luanda” — as their various narrators like to say — plays a primary role.

Luanda entre fronteiras coloniais e reinvenção dos espaços

Alice Girotto
2019

Abstract

A proposta de leitura que aqui se apresenta, conduzida com a metodologia da comparação interartística que põe em diálogo o texto literário com o texto artístico, oferece uma reinterpretação do conceito de fronteira, de fundamental importância na literatura angolana dos anos 50 até aos 70 do século XX, a partir de algumas obras de António Ole. A sua produção, pontuada, entre muitíssimos outros temas desenvolvidos pelo artista, por uma reflexão sobre o espaço urbano que desde os anos da independência continua até aos nossos dias, será confrontada com algumas estórias de Luandino Vieira em que “a nossa cidade de Luanda” — como os diferentes narradores amam repetir — desenvolve um papel de primeiro plano.
File in questo prodotto:
File Dimensione Formato  
Luanda entre fronteiras coloniais e reinvenção dos espaços.docx

non disponibili

Tipologia: Documento in Pre-print
Licenza: Accesso gratuito (solo visione)
Dimensione 366.86 kB
Formato Microsoft Word XML
366.86 kB Microsoft Word XML   Visualizza/Apri

I documenti in ARCA sono protetti da copyright e tutti i diritti sono riservati, salvo diversa indicazione.

Utilizza questo identificativo per citare o creare un link a questo documento: http://hdl.handle.net/10278/3716803
Citazioni
  • ???jsp.display-item.citation.pmc??? ND
  • Scopus ND
  • ???jsp.display-item.citation.isi??? ND
social impact